01/01 Juarez Paraíso

juarez-paraiso
J
uarez Paraíso

 

teste
Juarez Marialva Tito Martins Alves Paraíso (1934). Qual a Universidade que não ficaria orgulhosa de abrir o seu Calendário das Artes com uma figura tão marcante como Juarez Paraíso? Ele entrou na UFBA em 1950 (como aluno) e já em 1956 lecionava ‘Didática especial de desenho’ e ‘Desenho de modelo vivo’. Tem sido, desde então, uma liderança fundamental para as artes e para a cultura baiana. Viva Juarez! e Viva a UFBA!

juarez 1
Juarez Paraíso – Desenho abstrato, 1962.
Foto: Aquivo do artista.
Fonte: Dicionário Manuel Querino de Arte na Bahia.

 

juarez 2
Para Dilson Rodrigues Midlej “as heranças modernista e baiana influenciaram a trajetória artística de Juarez Paraíso”. E mais: i. concomitância de Formalismo e Informalismo; ii. presença de dinamismo, organicidade e sensualidade; iii. a linha como elemento básico; iv. originalidade da pesquisa. Quer continuar o mergulho crítico na obra de Juarez? Então leia o trabalho completo - Juarez Paraíso: Estruturação, Abstração e Expressão nos anos 1960. Orientado por Maria Herminia Olivera Hernandez na Pós-Graduação em Artes Visuais da EBA-UFBA, em 2008

Disponível em http://livros01.livrosgratis.com.br/cp060113.pdf

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

UFBA 70 Anos