Direito à comunicação na Jornada de Agroecologia

Jornada Agroecológica

Jornada Agroecológica no Assentamento Terra Vista

“TerraVista!”

E não é apenas terra porque também avistavam-se árvores, águas, sons, e pessoas de diversas parte do país. Todas envolvidas com a Agroecologia. Tudo isso reunido em um único local.

No período de 13 a 15 de dezembro de 2013, as famílias assentadas e residentes do assentamento Terra Vista na cidade de Arataca/BA, acolheram os participantes da II Jornada Agroecológica da Bahia. Um encontro organizado com muita persistência, a despeito de todos os obstáculos que se apresentam às iniciativas de origem popular que fomentam o debate e o senso crítico. Mas o encontro ocorreu e foi um sucesso segundo a avaliação de seus participantes na plenária de encerramento.

O direito à comunicação foi muitas vezes mencionado. A necessidade de formação contínua para fortalecer os processos de apropriação tecnológica pelas comunidade locais foi insistentemente pontuado por Antônio Carlos Santos Silva, o TC, coordenador da Casa de Cultura Tainã (Campinas/RJ). A democratização do acesso, por meio de mobilização comunitária e da cobrança de políticas públicas, foi o mote das conversas com Marcelo Saldanha, presidente do Instituto Bem Estar Brasil. Convidados que tiveram a presença financiada pelo Projeto Tabuleiros Digitais: formação para a cidadania.

Pode-se observar que o trabalho com tecnologias de informação e comunicação não é novidade para os estudantes da comunidade, pois encontramos produtos de meta-reciclagem e arte com e-lixo, incluindo propostas criativas como a montagem de chocadeiras com carcaças de monitores antigos. Além disso, o assentamento Terra Vista sedia a Escola Estadual Milton Santos, local com laboratório de informática conectado ao sistema GESAC. O laboratório é usado mais fortemente para atividades da escola.

 

Além disso, existe um espaço fora da escola no qual encontram-se alguns computadores para uso livre. Esses computadores são conectados à um serviço de internet que é financiado pela própria comunidade. Contudo, o custo do serviço é relativamente elevado e passa por algumas descontinuidades, devido a intempéries. O acesso à rede sem fio também é reduzido, pois o sinal é pouco intenso.

Considerando o contexto observado, o assentamento Terra Vista conta com condições favoráveis para instalação de uma internet comunitária, como alternativa à melhoria do serviço prestado atualmente.

 

 

 

Abertas as inscrições para diversos cursos na FACED!

São três opções em diferentes dias e horários. INSCREVA-SE CLICANDO AQUI

1. Ilustração com desenho vetorial e manipulação de imagens, com  Aurélio Heckert
Dias 21, 26 e 28 de novembro -  9h às 12H – Laboratório 1

2. Fundamentos da montagem e manutenção de microcomputadores, com Rodrigo Correia e Leonardo Gama
Dias 25, 27 e 29 de Novembro e dias 02, 04 e 06 de Dezembro -  9h às 12H – Sala do ÉduCANAL/Rádio FACED

3. Comunicação visual científica: Projeto gráfico e diagramação de poster, folder e afins, com Karina Menezes
Dias 20, 25 e 27 de Novembro – 14 às 17H – Laboratório 1

INSCREVA-SE CLICANDO AQUI

 

XII Caruru de Ibeji e as Pedagogingas: para celebrar, aprender e partilhar novos modos de vida e beleza!

A Casa do Boneco de Itacaré – Bahia realizou, durante os dias 25 a 29 de setembro, o XII Caruru de Ibeji e as Pedagogingas. Evento maior da entidade, que acontece todos os anos, é um momento de celebração para as crianças e tem como foco a ancestralidade africana a partir da convergência de trocas de saberes entre todas as gerações, provocando outra perspectiva educacional. A Casa então disponibiliza para os visitantes aquilo que ela já é: um território de aprendizados, de axé, de vivência profunda e de convite a pensar caminhos que construam modos de vida com mais dignidade e afirmação identitária.

Nessa imersão entre práticas tradicionais e de ancestralidades, as tecnologias de informação e comunicação também estavam presentes. Integrantes do Tabuleiro Digital e componentes da Brigada Audio Visual promoveram oficinas de fotografia e técnicas de audio-visual. Destaca-se que, dentre os mediadores, estavam jovens do assentamento Terra Vista que passaram pelos processos formativos promovidos pela equipe do Tabuleiro Digital.

Confira a matéria completa sobre o Caruru de Ibeji está disponível em Casa do Boneco.