Archive for Outubro, 2008

O objeto dessa pesquisa é a dança denominada como performance telemática e que ocorre entre corpos geograficamente distanciados e interligados via Internet. Essa é umas das manifestações estéticas surgidas pelo contato entre artistas e as novas tecnologias de comunicação (Telepresence Art). Esta pesquisa pretende aprofundar os estudos sobre a interação entre indivíduos (agentes) no ciberespaço. Compreendemos como agentes tanto aqueles profissionais envolvidos objetivamente na obra como: dançarinos, músicos, artistas visuais, como também agentes autômatos (robôs) e imagens visuais e sonoras. Além desses, pelo interesse na obra aberto na interatividade no ciberespaço, também consideramos como agentes os usuários das redes(Internet e Telefonia Móvel).

 

Pretendemos explorar e refletir sobre os novos desafios e as novas configurações requeridas ao corpo do dançarino, assim como para a própria organização e estética desta dança. Após dois anos e meio pesquisando os fundamentos artísticos, conceituais, estéticos e técnicos sobre a dança telemática (VERSUS e Projeto A.L.I.C.E) , pretendemos aprofundar as questões iniciais principais: Como o corpo percebe, manipula e conceitua esse novo espaço-tempo da rede” Quais são as reconfigurações perceptivas, sensório-motoras e conceituais advindas com a implicação da dança pelo ciberespaço” Entretanto, neste projeto essas questões são intensificadas diante da participação de novos agentes e configurações, até então pouco ou não explorados: agentes autômatos e telefonia celular.

 

A pesquisa será realizada com atividades teórico-práticas que contam com a participação de parceiros de áreas afim com computação, engenharia elétrica e áudio-visual, contando assim com o suporte necessário.