Alem das redes

Matéria no jornal A Tarde de Salvador, de 16.09.2008, Caderno 2, pagina 03.



Salvador, Bahia
Terça-Feira , 16/09/2008
Caderno 2

PROFESSOR NELSON PRETTO ORGANIZA LIVRO SOBRE INTERNET

CHICO CASTRO JR
ccastrojr@grupoatarde.com.brAssunto aparentemente inesgotável, a internet e suas infinitas possibilidades são o tema da publicação Além das redes de colaboração: internet, diversidade cultural e tecnologias do poder (Edufba). Organizado pelos professores Nelson Pretto, da Ufba, e Sérgio Amadeu, da Faculdade Casper Libero (São Paulo), o livro tem lançamento amanhã, às 19 horas, no saguão do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia – Irdeb (Alto do Sobradinho).

Para incrementar ainda mais o evento, a TVE exibirá amanhã, às 22 horas, uma edição especial do programa TVE Debate, enfocando o tema O futuro da internet.

Participarão os seguintes debatedores: João Brant, do Intervozes, André Lemos, da FacomUfba? e o próprio Nelson Pretto, representando a Faculdade de Educação da Ufba.

Como convém às obras intimamente ligadas às redes virtuais – sejam de colaboração ou não –, o livro foi registrado junto às licenças CC – Creative Commons–, que liberam parte dos direitos autorais e a livre distribuição de conteúdos.

NA INTERNET – Portanto, quem não puder desembolsar R$ 35 para adquirir a versão física do livro, poderá baixá-lo gratuitamente direto do seu site em formato PDF. Basta ir ao site http://rn.softwarelivre.org/alemdasredes, que sua versão integral está lá disponibilizada para todos.

Segundo o sociólogo e co-organizador Sérgio Amadeu, a intenção do livro é “discutir as possibilidades democratizantes de compartilhamento do conhecimento jamais vistas, além da formação de uma sociedade de controle que busca utilizar as tecnologias para concentrar poder e conter a criatividade, expandindo e ampliando a apropriação privada sobre o que é comum”.

Composto de 12 textos assinados por igual número de diferentes estudiosos do assunto, Além das redes de colaboração: internet, diversidade cultural e tecnologias do poder converte-se, desde já, em preciosa fonte de informação e pesquisa não apenas para acadêmicos, mas para qualquer pessoa que se interesse pelos temas abordados no volume.

Além dos dois organizadores, é possível destacar outros autores bem conhecidos por quem milita na área da comunicação, como o cineasta e músico gaúcho Carlos Gerbase (com o texto A fabricação da verdade no debate sobre direitos autorais no Brasil), o pesquisador paulista João Brant (O lugar da educação no confronto entre colaboração e competição) e a professora da Puc-SP Marijane Vieira Lisboa (Cultura e natureza: o que o software tem a ver com os transgênicos?), entre outros.

Além dos textos, o livro ainda apresenta depoimentos de diversos autores e artistas, como o apresentador do CQC, Marc elo Tas, o rapper BNegão e o paraense Ézio Lamarca, fundador do Grupo Linux Pai d?Égua.

Arquivos