Artigo em A Tarde 08/04/2019: “O Sol de Sobral ilumina nossa luta”

O Sol de Sobral ilumina nossa luta

Nelson Pretto, professor da Faculdade de Educação da UFBA – nelson@pretto.pro.br

Em 29 de maio de 1919, a cidade de Sobral/CE assistiu um magnífico eclipse solar. Os eclipses sempre foram motivos de estranhamento por parte da população. O dia vira noite, a noite vira dia e, tudo isso, confunde muito a cabeça das pessoas. Para os cientistas, no entanto, são raros momentos para observações astronômicas que ajudam a desvendar os segredos da natureza.

Naquele 29, cientistas de todo o mundo fotografaram o fenômeno. Aquele eclipse veio para iluminar a ciência.

A localização privilegiada no Nordeste brasileiro para a observação do fenômeno fez com que astrônomos ingleses e brasileiros lá desembarcassem em peso. O sucesso das medições contribuiu para a comprovação da Teoria da Relatividade Geral (TRG), ficando celebre a frase de Albert Einstein: “O problema imaginado por minha mente foi solucionado pelo céu luminoso do Brasil”.

Começávamos, cada vez mais, a afirmar que tudo era relativo.

Mas não tem sido assim com as verbas para a Ciência no Brasil. Os cortes são absolutos e absurdos.

A Relatividade de Einstein alterou profundamente a ciência e a nossa visão do Universo e evidenciou o quanto o investimento em ciência é importante para o desenvolvimento da humanidade. Sem investimentos, o país não se avança e aprofunda-se em crises.

Mesmo em crise, a ciência brasileira vive e reage. Enfrentamos o mais recente ataque com um corte de 42,3% no já minguado orçamento do MCTIC. Não é mais apenas ameça ou hipótese o corte de bolsas e investimentos para as pesquisas no país.

Seis entidades científicas/acadêmicas nacionais, entre as quais a dos Reitores e a SBPC, divulgaram manifesto contrário ao Decreto 9.741 que aplicou os cortes no orçamento.

O obscurantismo tomou conta do governo federal.

Na última semana de março, aconteceu, justo em Sobral, uma Reunião Regional da SBPC com cerca de 3.000 participantes.

Sob a luz do Sol de Sobral, professores e cientistas expuseram em Carta Aberta a questão: “O papel do Estado é essencial para a garantia dos direitos sociais dos brasileiros. A vinculação orçamentária de recursos para a educação e saúde foi uma importante conquista da Constituição de 1988, e a desvinculação desse orçamento é uma ameaça muito grave e terá consequências catastróficas para a educação, a saúde e a qualidade de vida da imensa maioria dos brasileiros. Conclamamos todos a se unirem em um movimento amplo em defesa da educação pública de qualidade, laica, que respeite a diversidade e assegure direitos e oportunidades iguais para todas as crianças e jovens. O destino do povo brasileiro deve estar acima dos interesses financeiros ou de setores privilegiados da sociedade.”

E finalizaram de forma contundente: “Que o Sol luminoso do Brasil inspire e motive a todos nós na resolução dos problemas do País.”

 

Pretto, Nelson. O Sol de Sobral ilumina nossa luta, in  Tarde, 08/04/2019, pag. 02.

Link para a página do jornal: A Tarde 05/04/2019

Marcados com: , ,
Publicado em Artigos, Artigos em A Tarde, Divulgação, Políticas Públicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


7 × = vinte um

MEUS ESCRITOS DIÁRIOS, PERO NO MUCHO!

43 anos de UFBA como professores

Na data de hoje, dia 19 de abril, no ano de 1978, iniciava meu trabalho como professor do Instituto de...

Artigo em A Tarde: Ciência Aberta e vacinas

Ciência aberta e vacinas Nelson Pretto, professor da Faculdade de Educação da UFBA. nelson@pretto.pro.br Se não bastasse a pandemia da...

Quem mandou matar Marielle?

sem palavras, a pergunta também é feira pelo grande cartunista mineiro-baiano Cau Gomez em A Tarde de hoje, 09/10/2020.

Uma pequena homenagem a Ciro Marcondes Filho

Com muita tristeza acordei hoje com a informação do falecimento do professor Ciro Marcondes Filho. Entrei no doutorado na ECA/USP...

O Movimento da Fábrica Vive – Matéria no Correio*

Movimento da Fábrica: em busca de um Rio Vermelho pulsante. Nelson Pretto (professor da Faculdade de Educação da UFBA) com...

Não ao retorno as aulas agora – Artigos e comentários

Vejo movimentos de governadores e prefeitos no sentido e autorizarem o retorno das aulas presenciais nesse momento. Temos nos manifestado...

Por uma politica de TI para a educação

Aqui o documento que produzimos eu e Karina Menezes (UFBA|FACED) junto com Leonardo Nascimento (UFBA|ICTI), Vinicius Ramos (UFSC|CIT) e Tel...

Derrumbando Muros é o tema da próxima Polêmicas Contemporânea em casa.

Na próxima segunda, dia 06/07/2020 vamos debater em Polêmicas Contemporâneas em casa o tema dos movimentos de derrubadas de monumentos...

Polêmicas Contemporâneas em casa: Dois de Julho dendicasa

29/06/2020 - Dois de Julho dendicasa Convidados Hendrik Kraay, professor de história na University of Calgary, Canadá. É autor de...

Liberem suas redes sem fio

Escrevi no jornal Correio da Bahia. Falei na Rádio Metrópole. Divulguei tudo por aqui mas mesmo assim, acho que precisamos...

Liberem seus wifi! artigo no Correio de hoje

Educação e solidariedade (tecnológica): liberem seu wifi. Nelson Pretto – professor da Faculdade de Educação da UFBA. nelson@pretto.pro.br – www.pretto.info....

Artigo na Fórum: Avança universidade pública!

Avança universidade pública! Nelson Pretto, professor titular da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia. Membro titular da Academia...

Artigo Ocupa Odorico, em A Tarde de 27/01/2020

Ocupa Odorico Nelson Pretto, professor da Faculdade de Educação da UFBA - nelson@pretto.pro.br Recentemente, o governo estadual anunciou a desativação...

A Bahia na Internet, matéria em A Tarde/Muito de 08/12/2019

Saiu hoje em A Tarde, Revista Muito, uma bela matéria de Tatiana Mendonça, sobre nosso projeto Memória da Internet na...

Artigo no Correio* em defesa da universidade e GEC 25 anos

Artigo de Nelson Pretto no Correio* dia 06/12/2019     25 anos de um grupo de pesquisa e a defesa...