Artigo em A Tarde 08/04/2019: “O Sol de Sobral ilumina nossa luta”

O Sol de Sobral ilumina nossa luta

Nelson Pretto, professor da Faculdade de Educação da UFBA – nelson@pretto.pro.br

Em 29 de maio de 1919, a cidade de Sobral/CE assistiu um magnífico eclipse solar. Os eclipses sempre foram motivos de estranhamento por parte da população. O dia vira noite, a noite vira dia e, tudo isso, confunde muito a cabeça das pessoas. Para os cientistas, no entanto, são raros momentos para observações astronômicas que ajudam a desvendar os segredos da natureza.

Naquele 29, cientistas de todo o mundo fotografaram o fenômeno. Aquele eclipse veio para iluminar a ciência.

A localização privilegiada no Nordeste brasileiro para a observação do fenômeno fez com que astrônomos ingleses e brasileiros lá desembarcassem em peso. O sucesso das medições contribuiu para a comprovação da Teoria da Relatividade Geral (TRG), ficando celebre a frase de Albert Einstein: “O problema imaginado por minha mente foi solucionado pelo céu luminoso do Brasil”.

Começávamos, cada vez mais, a afirmar que tudo era relativo.

Mas não tem sido assim com as verbas para a Ciência no Brasil. Os cortes são absolutos e absurdos.

A Relatividade de Einstein alterou profundamente a ciência e a nossa visão do Universo e evidenciou o quanto o investimento em ciência é importante para o desenvolvimento da humanidade. Sem investimentos, o país não se avança e aprofunda-se em crises.

Mesmo em crise, a ciência brasileira vive e reage. Enfrentamos o mais recente ataque com um corte de 42,3% no já minguado orçamento do MCTIC. Não é mais apenas ameça ou hipótese o corte de bolsas e investimentos para as pesquisas no país.

Seis entidades científicas/acadêmicas nacionais, entre as quais a dos Reitores e a SBPC, divulgaram manifesto contrário ao Decreto 9.741 que aplicou os cortes no orçamento.

O obscurantismo tomou conta do governo federal.

Na última semana de março, aconteceu, justo em Sobral, uma Reunião Regional da SBPC com cerca de 3.000 participantes.

Sob a luz do Sol de Sobral, professores e cientistas expuseram em Carta Aberta a questão: “O papel do Estado é essencial para a garantia dos direitos sociais dos brasileiros. A vinculação orçamentária de recursos para a educação e saúde foi uma importante conquista da Constituição de 1988, e a desvinculação desse orçamento é uma ameaça muito grave e terá consequências catastróficas para a educação, a saúde e a qualidade de vida da imensa maioria dos brasileiros. Conclamamos todos a se unirem em um movimento amplo em defesa da educação pública de qualidade, laica, que respeite a diversidade e assegure direitos e oportunidades iguais para todas as crianças e jovens. O destino do povo brasileiro deve estar acima dos interesses financeiros ou de setores privilegiados da sociedade.”

E finalizaram de forma contundente: “Que o Sol luminoso do Brasil inspire e motive a todos nós na resolução dos problemas do País.”

 

Pretto, Nelson. O Sol de Sobral ilumina nossa luta, in  Tarde, 08/04/2019, pag. 02.

Link para a página do jornal: A Tarde 05/04/2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


8 − quatro =

Arquivos