Artigo em A Tarde: Crise política, ciência em crise.

Desde 1948, em julho, em algum lugar do país, acontece a reunião anual (RA) da SBPC, a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. Tendo desempenhado um importante papel de resistência à ditadura militar no país nas décadas de 1960/70, a SBPC tenta recupera seu papel ativista na luta pela democracia e pela valorização da educação, saúde, ciência e tecnologia no país.

Congregando 239 outras sociedades científicas, nessa RA ocorrida na UFMG (encerrada em 22.7), congregou cerca de 10 mil participantes e foi marcada pelos protestos contra os cortes nos orçamentos de C&T e Educação.

Nos debates foram apresentados dados estarrecedores: em 2017, o governo promoveu um corte R$4,3 bilhões do orçamento das universidades e centros de pesquisa, equivalendo a cortar meio milhão de reais por hora. O resultado obvio é um crise sem precedentes, que pode levar, já no próximo mês de setembro, à paralisação de inúmeras atividades nas universidades e centros de pesquisa, aliás, como já vem ocorrendo com a UERJ, no Rio.

Durante a SBPC foi na UFMG o tesourômetro do conhecimento (Movimento Conhecimento Sem Cortes), que além de denunciar o tamanho dos cortes nos orçamentos de C&T a cada segundo, convoca a todos para assinarem um abaixo assinado contra essas medidas.

Durante a SBPC, o anfitrião, reitor Jaime Ramírez, cobrou manifestação de todos pelo fim da Emenda Constitucional que congela o orçamento por 20 anos, emenda que denominamos durante a sua tramitação de PEC do fim do mundo, em função da dramaticidade das suas consequências.

Acompanhando esse posicionamento, a SBPC aprovou uma manifestação pública pela Diretas Já, uma vez que as medidas adotadas pelo governo são o oposto da opinião expressa nas urnas pela população brasileira, com alto índice de rejeição às Reformas Trabalhista e Previdenciária e à Emenda Constitucional que congela o orçamento da União pelos próximos 20 anos.

A festa da ciência que é a SBPC foi marcada por protestos e termina com o nosso grito pela volta da democracia ao país e por eleições Diretas Já!

 

Por Nelson Pretto – professor da Faculdade de Educação/UFBA. Conselheiro da SBPC.

Publicado em A Tarde de 24/07/2017. Clique aqui para o pdf da página.

Leia aqui outro artigo no Pensar a Educação sobre a SBPC, publicado em 13/07/2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


seis × 1 =

Arquivos