Nova proposta curricular na Inglaterra

Lançada hoje aqui na Inglaterra, de acordo com jornal The Guardian, a nova proposta curriuclar para o ensino básco do Reino Unido.
Interessante proposta que introduz de forma explicita o uso dos blogues, do twitter e te todos os demais elementos que compõem a chamada media contemporânea, elementos chaves que caracterizam a cibercultura.

Claro que a confusão já está estabelecida, com reclamações de todos os lados, da pouca discussão sobre o tema. O interessante é que a própria midia, e aqui falo do The Guardian, termina polarizando o debate entre se é importante ensinar Twitter ou Segunda Guerra Mundial… Claro que esse não é o ponto e não deve ser essa discussão…

O fato é que, numa primeira leitura, percebe-se algo de fundamental: o fortalecimento dos prorfessores na escola e, digo eu, principalmente no coletivo da escola. Isso, seguramente, pode fazer a diferença mas, ser também um problema se as condições não forem adequadas.

O novo currículo proposto passa a ter seis báiscas áreas de aprendizagem, em vez de 13, como era antes. São elas:
1. compreensão do  Inglês, comunicação e linguagens
2. compreensão matemática
3. compreensão científica e tecnológica
4. compresnsão do  humano, social e ambiental
5. compreensão da saúde física e bem-estar
6. compreensão das artes e do design.

Boas discussões.. Vamos acompanhar.

Marcados com: , , ,
Publicado em Sem Categoria
32 comentários sobre “Nova proposta curricular na Inglaterra
  1. Anônimo disse:

    Twitter or second world war…
    How odd…Wouldn´t it be at least humanly reasonable to try using twitter as means to teach the second world war?
    PG

  2. Anônimo disse:

    Twitter or second world war…
    How odd…Wouldn´t it be at least humanly reasonable to try using twitter as means to teach the second world war?
    PG

  3. Anônimo disse:

    Twitter or second world war…
    How odd…Wouldn´t it be at least humanly reasonable to try using twitter as means to teach the second world war?
    PG

  4. Anônimo disse:

    Twitter or second world war…
    How odd…Wouldn´t it be at least humanly reasonable to try using twitter as means to teach the second world war?
    PG

  5. Anônimo disse:

    Twitter or second world war…
    How odd…Wouldn´t it be at least humanly reasonable to try using twitter as means to teach the second world war?
    PG

  6. Anônimo disse:

    Twitter or second world war…
    How odd…Wouldn´t it be at least humanly reasonable to try using twitter as means to teach the second world war?
    PG

  7. Anônimo disse:

    Twitter or second world war…
    How odd…Wouldn´t it be at least humanly reasonable to try using twitter as means to teach the second world war?
    PG

  8. Anônimo disse:

    Twitter or second world war…
    How odd…Wouldn´t it be at least humanly reasonable to try using twitter as means to teach the second world war?
    PG

  9. Anônimo disse:

    Twitter or second world war…
    How odd…Wouldn´t it be at least humanly reasonable to try using twitter as means to teach the second world war?
    PG

  10. Anônimo disse:

    Twitter or second world war…
    How odd…Wouldn´t it be at least humanly reasonable to try using twitter as means to teach the second world war?
    PG

  11. Anônimo disse:

    Twitter or second world war…
    How odd…Wouldn´t it be at least humanly reasonable to try using twitter as means to teach the second world war?
    PG

  12. Anônimo disse:

    Twitter or second world war…
    How odd…Wouldn´t it be at least humanly reasonable to try using twitter as means to teach the second world war?
    PG

  13. Anônimo disse:

    Twitter or second world war…
    How odd…Wouldn´t it be at least humanly reasonable to try using twitter as means to teach the second world war?
    PG

  14. Anônimo disse:

    Twitter or second world war…
    How odd…Wouldn´t it be at least humanly reasonable to try using twitter as means to teach the second world war?
    PG

  15. Anônimo disse:

    Twitter or second world war…
    How odd…Wouldn´t it be at least humanly reasonable to try using twitter as means to teach the second world war?
    PG

  16. Anônimo disse:

    Twitter or second world war…
    How odd…Wouldn´t it be at least humanly reasonable to try using twitter as means to teach the second world war?
    PG

  17. Anônimo disse:

    Oi Nelson ,
    Acredito que a introdução das TIC nesse novo currículo é um avanço. Tenho acompanhado algumas comissões de reformução curricular e percebo que as pessoas ainda não compreenderam a configuração da sociedade que estamos vivendo hoje.
    SocorroCcabral

  18. Anônimo disse:

    Oi Nelson ,
    Acredito que a introdução das TIC nesse novo currículo é um avanço. Tenho acompanhado algumas comissões de reformução curricular e percebo que as pessoas ainda não compreenderam a configuração da sociedade que estamos vivendo hoje.
    SocorroCcabral

  19. Anônimo disse:

    Oi Nelson ,
    Acredito que a introdução das TIC nesse novo currículo é um avanço. Tenho acompanhado algumas comissões de reformução curricular e percebo que as pessoas ainda não compreenderam a configuração da sociedade que estamos vivendo hoje.
    SocorroCcabral

  20. Anônimo disse:

    Oi Nelson ,
    Acredito que a introdução das TIC nesse novo currículo é um avanço. Tenho acompanhado algumas comissões de reformução curricular e percebo que as pessoas ainda não compreenderam a configuração da sociedade que estamos vivendo hoje.
    SocorroCcabral

  21. Anônimo disse:

    Oi Nelson ,
    Acredito que a introdução das TIC nesse novo currículo é um avanço. Tenho acompanhado algumas comissões de reformução curricular e percebo que as pessoas ainda não compreenderam a configuração da sociedade que estamos vivendo hoje.
    SocorroCcabral

  22. Anônimo disse:

    Oi Nelson ,
    Acredito que a introdução das TIC nesse novo currículo é um avanço. Tenho acompanhado algumas comissões de reformução curricular e percebo que as pessoas ainda não compreenderam a configuração da sociedade que estamos vivendo hoje.
    SocorroCcabral

  23. Anônimo disse:

    Oi Nelson ,
    Acredito que a introdução das TIC nesse novo currículo é um avanço. Tenho acompanhado algumas comissões de reformução curricular e percebo que as pessoas ainda não compreenderam a configuração da sociedade que estamos vivendo hoje.
    SocorroCcabral

  24. Anônimo disse:

    Oi Nelson ,
    Acredito que a introdução das TIC nesse novo currículo é um avanço. Tenho acompanhado algumas comissões de reformução curricular e percebo que as pessoas ainda não compreenderam a configuração da sociedade que estamos vivendo hoje.
    SocorroCcabral

  25. Anônimo disse:

    Oi Nelson ,
    Acredito que a introdução das TIC nesse novo currículo é um avanço. Tenho acompanhado algumas comissões de reformução curricular e percebo que as pessoas ainda não compreenderam a configuração da sociedade que estamos vivendo hoje.
    SocorroCcabral

  26. Anônimo disse:

    Oi Nelson ,
    Acredito que a introdução das TIC nesse novo currículo é um avanço. Tenho acompanhado algumas comissões de reformução curricular e percebo que as pessoas ainda não compreenderam a configuração da sociedade que estamos vivendo hoje.
    SocorroCcabral

  27. Anônimo disse:

    Oi Nelson ,
    Acredito que a introdução das TIC nesse novo currículo é um avanço. Tenho acompanhado algumas comissões de reformução curricular e percebo que as pessoas ainda não compreenderam a configuração da sociedade que estamos vivendo hoje.
    SocorroCcabral

  28. Anônimo disse:

    Oi Nelson ,
    Acredito que a introdução das TIC nesse novo currículo é um avanço. Tenho acompanhado algumas comissões de reformução curricular e percebo que as pessoas ainda não compreenderam a configuração da sociedade que estamos vivendo hoje.
    SocorroCcabral

  29. Anônimo disse:

    Oi Nelson ,
    Acredito que a introdução das TIC nesse novo currículo é um avanço. Tenho acompanhado algumas comissões de reformução curricular e percebo que as pessoas ainda não compreenderam a configuração da sociedade que estamos vivendo hoje.
    SocorroCcabral

  30. Anônimo disse:

    Oi Nelson ,
    Acredito que a introdução das TIC nesse novo currículo é um avanço. Tenho acompanhado algumas comissões de reformução curricular e percebo que as pessoas ainda não compreenderam a configuração da sociedade que estamos vivendo hoje.
    SocorroCcabral

  31. Anônimo disse:

    Oi Nelson ,
    Acredito que a introdução das TIC nesse novo currículo é um avanço. Tenho acompanhado algumas comissões de reformução curricular e percebo que as pessoas ainda não compreenderam a configuração da sociedade que estamos vivendo hoje.
    SocorroCcabral

  32. Anônimo disse:

    Oi Nelson ,
    Acredito que a introdução das TIC nesse novo currículo é um avanço. Tenho acompanhado algumas comissões de reformução curricular e percebo que as pessoas ainda não compreenderam a configuração da sociedade que estamos vivendo hoje.
    SocorroCcabral

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


sete + 5 =

MEUS ESCRITOS DIÁRIOS, PERO NO MUCHO!

43 anos de UFBA como professores

Na data de hoje, dia 19 de abril, no ano de 1978, iniciava meu trabalho como professor do Instituto de...

Artigo em A Tarde: Ciência Aberta e vacinas

Ciência aberta e vacinas Nelson Pretto, professor da Faculdade de Educação da UFBA. nelson@pretto.pro.br Se não bastasse a pandemia da...

Quem mandou matar Marielle?

sem palavras, a pergunta também é feira pelo grande cartunista mineiro-baiano Cau Gomez em A Tarde de hoje, 09/10/2020.

Uma pequena homenagem a Ciro Marcondes Filho

Com muita tristeza acordei hoje com a informação do falecimento do professor Ciro Marcondes Filho. Entrei no doutorado na ECA/USP...

O Movimento da Fábrica Vive – Matéria no Correio*

Movimento da Fábrica: em busca de um Rio Vermelho pulsante. Nelson Pretto (professor da Faculdade de Educação da UFBA) com...

Não ao retorno as aulas agora – Artigos e comentários

Vejo movimentos de governadores e prefeitos no sentido e autorizarem o retorno das aulas presenciais nesse momento. Temos nos manifestado...

Por uma politica de TI para a educação

Aqui o documento que produzimos eu e Karina Menezes (UFBA|FACED) junto com Leonardo Nascimento (UFBA|ICTI), Vinicius Ramos (UFSC|CIT) e Tel...

Derrumbando Muros é o tema da próxima Polêmicas Contemporânea em casa.

Na próxima segunda, dia 06/07/2020 vamos debater em Polêmicas Contemporâneas em casa o tema dos movimentos de derrubadas de monumentos...

Polêmicas Contemporâneas em casa: Dois de Julho dendicasa

29/06/2020 - Dois de Julho dendicasa Convidados Hendrik Kraay, professor de história na University of Calgary, Canadá. É autor de...

Liberem suas redes sem fio

Escrevi no jornal Correio da Bahia. Falei na Rádio Metrópole. Divulguei tudo por aqui mas mesmo assim, acho que precisamos...

Liberem seus wifi! artigo no Correio de hoje

Educação e solidariedade (tecnológica): liberem seu wifi. Nelson Pretto – professor da Faculdade de Educação da UFBA. nelson@pretto.pro.br – www.pretto.info....

Artigo na Fórum: Avança universidade pública!

Avança universidade pública! Nelson Pretto, professor titular da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia. Membro titular da Academia...

Artigo Ocupa Odorico, em A Tarde de 27/01/2020

Ocupa Odorico Nelson Pretto, professor da Faculdade de Educação da UFBA - nelson@pretto.pro.br Recentemente, o governo estadual anunciou a desativação...

A Bahia na Internet, matéria em A Tarde/Muito de 08/12/2019

Saiu hoje em A Tarde, Revista Muito, uma bela matéria de Tatiana Mendonça, sobre nosso projeto Memória da Internet na...

Artigo no Correio* em defesa da universidade e GEC 25 anos

Artigo de Nelson Pretto no Correio* dia 06/12/2019     25 anos de um grupo de pesquisa e a defesa...