Saudades de Gey

Acabo de saber que nosso grande amigo Gey Espinheira nos deixou.

Vá meu amigo, vá tranquilo que aqui continuaremos a sua luta com a sua alegria-séria.

Recebi de Eduardo Sarno (acho que não o conheço apesar de conhecer muitos dos Sarnos) esse belo depoimento que, sem mesmo lhe pedir, aqui transcrevo. Pela beleza, pela graça, pela justa homenagem a esse grande ser humano: Gey Espinheira!

From: Eduardo Sarno

Meus parentes e amigos,

Este espaço é ambiguo: celebra a vida e celebra a morte. Podemos dizer também, que ele é complementar, pois vida e morte, quem há de separar?

De Poções para o Mundo. Assim Foi a trajetória de Gey. Primeiro ele procurou entender o mundo, depois procurou transformá-lo. Para prejuizo nosso, ele entendeu o mundo mais do que conseguiu transformar.

Mas a ação social, politica e humana de Gey tende a se multiplicar. Seus numerosos alunos são quase como seguidores, pois possuem a mesma chama que alimentava a energia de Gey.

Ele se foi, e ficamos nós sem ele, mas com o mundo que ele tanto curtiu. Era tanto da Academia quanto do Carnaval, tanto do clássico como do popular, tanto do interior como da capital.

Aquele menino que badocava em Poções não se deslumbrou com o mundo, pois ele percebeu desde cedo que o mundo não era as coisas, mas as pessoas. A Sociologia foi para ele o instrumento para entender como as pessoas se relacionam entre si e como se relacionam com as coisas.

Amável, solidário e despreendido, este era o Gey que muitos conheceram e amaram. Esgrimia um conhecimento sólido e uma inteligencia aguda. O argumento, o raciocinio era uma sequencia de dados e conclusões objetivas, ele não era, seguramente, um metafísico.

Gey das caçadas, Gey da Festa do Divino, Gey do Pelourinho, Gey das farras intermináveis pelas ruas e madrugadas de  Oropa, França e Bahia.

A familia sempre se orgulhou de suas aparições públicas. Lembro minha filha Vanessa, ainda pequena quando me chamava: "- Papinho, venha ver tio Gey na televisão !"

E lá estava ele, com seus olhos penetrantes e sua imensa barba branca, que acariciava com prazer. E dizia coisas que todos concordavam, pois era um estudioso sério nas suas análises e conclusões.

Gey cidadão soteropolitano, recebendo emocionante e merecida homenagem na Câmara Municipal da cidade que ele tanto se dedicou.

Foi assim o nosso Gey. Nossas lembranças passam como um turbilhão por Poções, Jequié, a casa
de Dr. Ruy, Iracema, a fileira de irmãos, que estão até hoje na fachada da casa na Rua da Itália, em Poções, na forma de pequenos
pinheiros.

E  tudo gira, tudo roda e o centro deste redemoinho está aqui agora, dizendo para nós: já fui…mas foi a contragosto !

Eduardo Sarno

Marcados com:
Publicado em Sem Categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


× 5 = quarenta

Meus escritos diários, pero no mucho!

Histórias da Faced – episódio 01: “Aqui havia uma livraria.”

Ola Faced, acabo de saber que definitivamente Rosane não suportou a crise e a livraria...

Artigo no Correio*: Camaçari, Polo Petroquímico e a UFBA

Tenho falado e escrito sobre a importância de defendermos a UFBA e a nomeação do...

Artigo em A Tarde de hoje: UFBA: reitor eleito, reitor empossado

UFBA: reitor eleito, reitor empossado Terminado o prazo para que fossem apresentados recursos ao processo...

O pai/mãe da internet no Brasil, artigo hoje em A Tarde

Estamos em 1994. Felippe Serpa, reitor da UFBA, me chama para sua assessoria para ajudar...

18 aninhos dos Tabuleiros Digitais da FACED/UFBA

Estamos de férias nesse 2022 aqui/lá na UFBA. Mas era um janeiro de 2004 e...

Artigo em A Tarde de 18/12/2021: Jânio Soares, saudades.

Estou hoje aqui só de passagem. A inesperada partida de Jânio Soares, o “dono” desse...

Quem é Anísio Teixeira – podcats do IAT

Quem é Anísio Teixeira - podcats do IAT/SEC/BA sobre a vida de Anísio Texeira. Veja...

Uma singela homenagem ao querido Jaime Barros

Oh gente, oh “raça” [toc toc toc]… artigo que escrevi e foi publicado, com pequena...

‘Educação não é somente fornecimento de conteúdos’, entrevista em A Tarde

Entrevista que dei ao jornalista Gilson Jorge para a Revista Muito do jornal A Tarde....

Qual nossa resposta a essa tristeza toda? A Tarde 01/06/2021

Muito me impressionou o clip da Orquestra de Câmara da Escola de Comunicações e Artes...