O CNPq, o Lattes e a Receita Federal!

Parece mentira, mas querem transformar nossa vida acadêmica em um inferno mesmo… Esses dias, uma colega recebeu um email do CNPq que mais parecia um pishing, spam ou qualquer coisa do tipo.
O email tinha o seguinte conteúdo:

“De: CNPq <noreply@cnpq. br>
Assunto: [CNPq] Divergência de Dados no Currículo Lattes
Para: xxxxxxxx@ufba. br
Data: Quinta-feira, 3 de Junho de 2010, 3:57

O seu currículo Lattes não foi aceito pelo CNPq, devido a divergência detectada entre os dados pessoais informados e os dados obtidos junto ao cadastro de pessoas físicas da
Receita Federal do Brasil.
Favor proceder as correções e reenviar o seu currículo ao CNPq.
Por motivos de segurança, o Sistema bloqueará o envio do Currículo ao CNPq, após a terceira tentativa em que seja identificada inconsistência entre os dados cadastrais do Lattes e da
Receita Federal do Brasil.
Caso as correções não sejam realizadas e o Currículo enviado ao CNPq em até 30 dias corridos, os dados já informados serão removidos da nossa base de dados.

Mensagem automática enviada pelo Sistema de Currículo Lattes.
OBS: Não responder a esta mensagem. ”

A precisão e o terrorismo da mensagem são inversamente proporcionais… Não se diz nada e na verdade o que o pesquisador estava fazendo era atualizar o seu currículo, como aliás é da nossa obrigação.
Assim que soube desse caso, peguei a mensagem e enviei ao CNPq imaginando ser um tentativa de fraude e, com isso, pensando estar colaborando com a Agência…
Até hoje não recebi um só retorno do CNPq sobre o caso.
Mas esse, é o menor dos problemas. Nem ligo mesmo pois outras vezes que tentei ajudar mostrando a eles algumas mensagem que circulavam “em nome” do CNPq as respostas eram as mais esquisitas possíveis (como se eu estivesse preocupado com o problema COMIGO e o que eu estava era tentando ajudar a Agencia.. enfim…).
Eis o relato da colega da romaria para resolver o problema:
“1. a algum tempo, o lattes divulgou que estaria cruzando dados com a receita e só aceitaria currículos novos cujos dados estivessem em conformidade com o cadastro da receita. Depois isso passou a ser feito nos currículos já existentes
2. recebi uma mensagem que não apontava qual a divergência, mas dizia que se o problema não fosse resolvido após a terceira “tentativa” (leia-se aqui enviar os dados à plataforma), ele seria descontinuado.
3. como não indicava qual a divergência, lá fui eu, no lattes, verificar coisinha por coisinha (claro que ali já encontrei algumas coisas a atualizar, mas que não são os dados cruzados com a receita, e, sem saber que “tentativa” era “enviar dados”, lá gastei duas das minhas 3 “tentativas”).
4. entrei em contato com o cnpq, por telefone (0800 61 9697), quando me informaram que nesta central de atendimento os atendentes não tem acesso aos dados dos usuários. Por e-mail (atendimento@cnpq.br) fui orientada a buscar a Receita, usando como “parâmetro de conferência entre os dois sistemas:
- Nome completo;
- Sexo (M/F);
- Data de nascimento;
- CPF;
- Nome da mãe;
- Nacionalidade;
- Situação Cadastral.”
5. Busquei saber quais eram então os meus dados que constavam na Receita. Na página, em Situação Fiscal, existe a possibilidade de gerar um relatório dos dados cadastrais, mas ali não é informado o Nome da mãe, Sexo e Nacionalidade. No telefone da Receita (146), também não consegui saber o nome da minha mãe. Ironicamente, eu não tenho acesso a todos os meus dados cadastrais junto à Receita, só eles tem.
6. só existe um Centro de Atendimento ao Contribuinte em Salvador, cujo atendimento deve ser agendado com alguns dias de antecedência pelo telefone 146.
7. tive que ir até lá para, em dois minutos, a atendente olhar o meu cadastro – que eu não tenho acesso-, para dizer que o nome da minha mãe estava errado:
ao invés de Lourdes Rxxxxxxl Hxxxxxxxx, estava Lourdes Hxxxxxxx.
[na época que eu fiz o cpf, pegávamos um formulário no correio, que foi preenchido corretamente e enviado à Receita, que, por sua vez, achou complicado demais escrever o sobrenome de solteira da minha mãe].
[UMA PERGUNTA: porque só o funcionário da Receita tem acesso a um dado como esse? porque não posso ver, no relatório dos nossos dados cadastrais, o nome da minha mãe?]
8. depois disso, você deve ir ao Correio, Banco do Brasil ou Caixa e pagar uma taxa de 5,50 para “Alterações Cadastrais”
9. Esperar 48 horas para a alteração entrar no sistema
10. Agendar novo antendimento
11. Retornar ao CAC
Lá o funcionário me informou que o serviço que o Correio fez estava errado, pois, ao invés de fazerem “Alterações Cadastrais Não Concluídas” o funcionário havia feito o serviço “Alterações Cadastrais Concluídas” e queria que eu retornasse ao correio, pagasse novamente, esperasse as 48 horas, retornasse….
Não sei se foi um surto de desespero, sanidade ou sei lá o que, mas comecei a sacar toda a papelada de toda a minha novela, argumentando que eu tinha feito tudo o que tinham me indicado, tudo anotadinho, pois, de tanto ir de um lugar a outro, já comecei a pedir para os funcionários me “ditarem” o que deveria ser feito. Inclusive, a atendente que havia me orientado (ela que me “ditou” as informações) da outra vez, estava ao lado… Aí, como sendo um “favor”, resolveram aceitar o serviço que o correio havia feito (talvez por ser já no final do expediente deles e eles estarem querendo ir embora logo… Se podia ser assim, porque me mandar devolta aos correios?). Porém, de “castigo” não recebi o protocolo do serviço feito pela receita, que, segundo o funcionário, ele não poderia registrar por conta do erro dos correios…
12. Ufa, depois de toda esta novela, ainda é necessário enviar o protocolo (que eu não recebi) ao cnpq. Enviei o relatório do serviço, que mostra as alterações feitas.
13. Depois de alguns dias sem resposta, precisei fazer atualizações em meu lattes, pois, na instituição onde trabalho, devo encaminhar o meu Currículo, onde constam os dados dos orientados (que precisavam ser atualizados) para marcar suas apresentações de Trabalho de Conclusão de Curso;
14. Como eu já havia gasto duas das minhas 3 “tentativas” possíveis, fiquei com medo de gastar minha última “tentativa” e ter meu currículo bloqueado. Eu não sabia, mas não é possível salvar o currículo em arquivo sem antes enviá-lo à Plataforma (eu nunca tinha tentado salvar antes de enviar).
15. Por precaução, antes de enviar meu lattes, e com medo que ele fosse bloqueado, tornei a ligar para o 0800 do CNPq para saber se a divergência havia sido sanada. Ressalta-se que não é fornecido qualquer número de protocolo de atendimento. Nesta ocasião, o atendente me informou que a única forma de saber se o problema estava resolvido, era enviando o currículo. Quando eu lhe perguntei o que aconteceria se a divergência ainda existisse, o funcionário não titubeou: “ele será bloqueado!” Espantada com a resposta, perguntei se era necessário bloquear o meu lattes para descobrir se os dados estavam ou não corretos e, novamente, a resposta foi que este era o único jeito.
16. Enviei então um e-mail para o CNPq, informando que a alteração cadastral havia sido feita, solicitando que verificassem se a divergência ainda existia. A resposta foi positiva.
17. Tornei a ligar para o 0800, pois já não sabia mais o que conferir… ali então me deram um telefone de uma central em Brasília: (61) 21089981.
18. Ligando para a central, a atendente confirmou que o dado que havia divergência era o nome da minha mãe.
[!!!!!!!!! Se o CNPq sabe qual é o dado divergente, porque não envia um e-mail mais preciso, indicando onde está o erro?????? Pior, por que informam, várias vezes, que o CNPq não tem acesso a estes dados, se, na verdade, os tem? Pois, se eu tivesse logo este dado, iria logo aos Correios, pagava a tal taxa e resolvia logo o problema!!!!]
19. Informando à atendente que eu já havia feito a ateração, a funcionaria me orientou a retornar ao Centro de Atendimento ao Contribuinte, da Receita, para verificar quando que o dado seria validado.
20. Para a minha sorte, eu havia perguntado, ao atendente da Receita, quando a alteração estaria disponível no sistema, que me informou que imediatamente a alteração já estaria no sistema.
21. A partir disto, ela disse que, então, eu poderia enviar, mas que, como o sistema ainda apontava a divergência, meu currículo seria bloqueado, mas que ela também poderia desbloqueá-lo (!?!?!). Quanto à atualização que eu necessitava no lattes, segundo ela, o CNPq só receberia depois que a divergência fosse sanada.
22. Exausta de tanto vai e volta, comecei a relatar esta mesma história, tão longa quanto está aqui, para a atendente, que ouviu calada e, ao final, disse que era assim mesmo e, se eu quisesse reclamar, poderia enviar um e-mail para a ouvidoria (auditoria@cnpq.br) com cópia para GATI – que ela não soube informar o que era (gati@cnpq.br)
23. O e-mail repassado gati@cnpq.br retornou, diz que o usuário não existe.
Que novela imensa…”

Conclui a minha colega: “tive de ocupar duas vezes a vaga de um funcionário, além das várias ligações ao 146 (você só agenda falando com o atendente), pagos com nossos impostos, para corrigir um erro cometido pela própria receita. Eu tive de pagar por um erro da própria receita. Pior: todos nós pagamos.
Por toda esta novela, me deparei com muitos funcionários (do cnpq, da receita e dos correios) despreparados e desinformados, além de um sistema que não foi feito para facilitar a vida das pessoas.”
Lamentável todo esse acontecimento e o que é pior, isto associado à quantidade de outras coisinhas que fazem da nossa vida na Universidade – na verdade em toda a sociedade! – um verdadeiro inferno. Além do nosso “trabalho intensificado nas federais” (Silva Jr. e Sguissardi, 2009) ainda temos que enfrentar essa loucura burocrática administrativa.
Assim não é possível!
Mas não acreditem que a novela terminou.  Até hoje, passados 20 dias, a novela não acabou!

193 thoughts on “O CNPq, o Lattes e a Receita Federal!

  1. Também estava com a mesma dificuldade, nome da mãe divergente, mas graças ao blog e ao Claudemir, acredito que irei realizar, no nome da minha mãe tem um DE entre os sobrenomes, e no site citado não apresenta.

  2. Nome divergente da mãe no Lattes
    Fiz o que o CLAUDEMIR indicou. Deu certo. VALEU CARA!!!

  3. E quem tem a mãe com mais de 4 nomes, como é feita a divisão? Lá tó tem campo para nome e sobre nome mas minha mãe tem 4 nomes

    Ex: Maria Fulana Francisca das Chagas

  4. Aqui também o mesmo problema! Seu relato mostra o LIXO que são essas instituições! CNPQ lixo, correios lixo, receita lixo! Todos despreparados, incompetentes, ignorantes! Seu vermes!

    Sistema que já nasceu atrasado, mal feito, que só atrapalha! LIXOS!!! SEUS F D P!

  5. Bom dia! há algum tempo eu fiz o curriculo lattes, e agora preciso atualizar ele urgentemente, porém nao lembro da senha usei, e para a recuperação da senha que é enviada para o -email tbém nao é possivem porue o email que usei eu exclui, o que posso fazer????

  6. Gente, tava com o mesmo problema. Li esse texto com esperança de uma solução mais fácil do que ter que lidar com o povo da Receita Federal. Qual a ideia q tive? Buscar nas profundezas de minha gaveta o papel que recebi quando fiz meu CPF, lá em 2006. Neste constam todos os meus dados como foram cadastrados. O item incorreto também é o nome de minha mãe, falta uma letra. Coloquei o nome como está no papel e deu certo. Não é uma solução, mas é um paliativo, uma vez que consegui me inscrever no que não estava conseguindo. Agora, com calma, vou aos correios solicitar a mudança dos meus dados cadastrais, mas sem ser privado de nada. Espero ter ajudado! :)

  7. Boa Claudemir!Imagino o que tu pesquisou para conseguir descobrir esta maneira de obter as informações. Grande abraço, quebrou um galho grande do pessoal.

  8. Uma vergonha esse curriculo lattes mesmo, descobri o erro quando fui no ministerio do trabalho fazer o seguro desemprego, mas mesmo assim tive que arrumar nos meu documentos. Penso que deveriam ser cuidadosos e responsaveis quando se trata de dados pessoais, mas se vê que existem pessoas de BOSTA nesse sistema mesmo !!!!!!!!!

  9. Esse é o país da copa, nem nos ensino o nome de nossas mães!

  10. Algumas soluções

    (caso 1)É o seguinte para se resolver. Primeiro que você deve colocar o nome da Mãe, quando se fala primeiro nome exemplo : Maria Socorro de Moreira Aquino.
    Primeiro nome: Maria
    sobrenome(ou nome de família): Socorro de Moreira Aquino
    Esta errado colocar como esta abaixo no seguintes casos
    sobrenome(ou nome de família): Aquino
    sobrenome(ou nome de família): Socorro de Moreira
    sobrenome(ou nome de família): Socorro
    sobrenome(ou nome de família): de Moreira

    Isso vale também para o nome do Pai.

    caso 2) Como a CNPq pega dados da receita federal pra ver se bate, geralmente o registro de uma maneira geral pode estar errado e o mais costumeiro erro é NOME DA MÃE isso acontece devido ao nome da mãe estar como nome de solteira na receita ou diferente. O que fazer? bem, tem duas opções, mas antes delas você pode ter certeza que não vai utilizar o CPF de sua mãe pra nada, somente o seu em mãos e só. Verifique através desse link que foi passado acima o nome da sua mãe como esta no sistema.
    ” quem tem problema com o NOME DA MÃE, faz como o Claudemir disse,
    Bom… entrem nesse site
    http://sistec.mec.gov.br/login/cadastrar
    cliquem em (solicitar acesso)
    digitem o CPF
    escolham uma opção e pronto
    vai aparecer o seu nome e da sua mãe tal como está na receita.”

    Dai vai aparecer o nome da sua mãe como esta no sistema. Com o nome anotado você verifica se esse nome bate com o nome de sua mãe na sua identidade, se a resposta é SIM, bateu!!! é só digitar o nome de forma correta lá no CNPq exemplo:

    nome da mãe na sua identidade: Lorena Furtado da Silva
    E o nome no sistema do site citado acima : Lorena Furtado da Silva
    ok!
    Dai no site –> Nome (primeiro nome): Lorena Sobrenome(nome de familia: Furtado da Silva

    Vai direto para o ultimo “proximo” aperta no li e de acordo e vai aparecer enviado. Agora se vc tiver extrapolado as 3 tentativas, você vai fazer a mesma coisa, porém vai dizer que vc deve entrar cm contato via email ou pelo 0800 61 9697 um dica entra pelo telefone porque pelo email demora. Dai diz que ocorreu um problema com o nome da mãe e quero verificar se esta certo agora. Dai eles vão desbloquear. Depois disso tu entra no site novo curriculo e tals entra de novo vai aparecer seus dados não modifique nada, já que esta tudo certo, vá para o ultimo proximo, li de acordo e vai dá certo

    caso 3) Geralmente os atendentes mandam a gente ir na receita federal, eu fui de forma desnecessária perdi meu tempo o link da dica de claudemir é a dica primordial para ver se bate. Agora se por acaso estiver errado mesmo no link a coisa mais certa é ir na receita, verificar se nome da sua mãe na identidade bate com os dados da receita. Você só vai utilizar seu CPF e não vai utilizar o CPF de sua mãe pra nada nem ela deve ir lá, não precisa, somente você resolve. A atendente pediu para eu ir lá fazer o “protocolo de operação cadastro de pessoa física” dai eu pegaria o nome da minha mãe e numero do protocolo e passaria para a atendente. Eu não fiz isso, o cara da receita federal nem sabia que existia esse protocolo foi pratico e rápido, mostrou o nome na tela do computador e pronto, bateu, bateu , não bateu, não bateu. Se não bateu vai nos correios e muda o nome se adequando ao da tua identidade, pagas 5 reais e 70 centavos, volta na receita mostra o documento gerado pelos correios e ele modificam na hora e pronto. Tudo igual, vai na CNPq segue a mesma trajetória dos casos anteriores e pronto, ou seja, nome da mãe digita, sobrenome digita(sobrenome completo) exemplo: Julia Tavares Benevides tanto na identidade quanto no sistema esta assim, então ok!
    Nome Julia
    Sobrenome: Tavares da Silva
    Vai direto para o ultimo próximo, li de acordo, deu certo. se estavas bloqueado e fez isso e deu bloqueado de novo
    Liga para o 0800 619697 espera uns 10 minutos fala a tua situação diz que esta com o nome certo da mãe dai ele vai verificar no sistema, mas tu tb já verificou, ele vai te desbloquear e vai mandar vc ir direto para o ultimo proximo, li de acordo e pronto, não altere nada depois de ele desbloquear entre na parte de novo currículo faça a mesma coisa dai vai abrir teu cadastro não altere nada pois ele já confirmou que esta tudo certo, vá direto para o ultimo próximo e li de acordo e pronto. Fechou. Abraço a todos espero ter ajudado.

    Deus é maior que a CNPq um problema desse não vai atrapalhar nossa vitórias.Algumas soluções

    (caso 1)É o seguinte para se resolver. Primeiro que você deve colocar o nome da Mãe, quando se fala primeiro nome exemplo : Maria Socorro de Moreira Aquino.
    Primeiro nome: Maria
    sobrenome(ou nome de família): Socorro de Moreira Aquino
    Esta errado colocar como esta abaixo no seguintes casos
    sobrenome(ou nome de família): Aquino
    sobrenome(ou nome de família): Socorro de Moreira
    sobrenome(ou nome de família): Socorro
    sobrenome(ou nome de família): de Moreira

    Isso vale também para o nome do Pai.

    caso 2) Como a CNPq pega dados da receita federal pra ver se bate, geralmente o registro de uma maneira geral pode estar errado e o mais costumeiro erro é NOME DA MÃE isso acontece devido ao nome da mãe estar como nome de solteira na receita ou diferente. O que fazer? bem, tem duas opções, mas antes delas você pode ter certeza que não vai utilizar o CPF de sua mãe pra nada, somente o seu em mãos e só. Verifique através desse link que foi passado acima o nome da sua mãe como esta no sistema.
    ” quem tem problema com o NOME DA MÃE, faz como o Claudemir disse,
    Bom… entrem nesse site
    http://sistec.mec.gov.br/login/cadastrar
    cliquem em (solicitar acesso)
    digitem o CPF
    escolham uma opção e pronto
    vai aparecer o seu nome e da sua mãe tal como está na receita.”

    Dai vai aparecer o nome da sua mãe como esta no sistema. Com o nome anotado você verifica se esse nome bate com o nome de sua mãe na sua identidade, se a resposta é SIM, bateu!!! é só digitar o nome de forma correta lá no CNPq exemplo:

    nome da mãe na sua identidade: Lorena Furtado da Silva
    E o nome no sistema do site citado acima : Lorena Furtado da Silva
    ok!
    Dai no site –> Nome (primeiro nome): Lorena Sobrenome(nome de familia: Furtado da Silva

    Vai direto para o ultimo “proximo” aperta no li e de acordo e vai aparecer enviado. Agora se vc tiver extrapolado as 3 tentativas, você vai fazer a mesma coisa, porém vai dizer que vc deve entrar cm contato via email ou pelo 0800 61 9697 um dica entra pelo telefone porque pelo email demora. Dai diz que ocorreu um problema com o nome da mãe e quero verificar se esta certo agora. Dai eles vão desbloquear. Depois disso tu entra no site novo curriculo e tals entra de novo vai aparecer seus dados não modifique nada, já que esta tudo certo, vá para o ultimo proximo, li de acordo e vai dá certo

    caso 3) Geralmente os atendentes mandam a gente ir na receita federal, eu fui de forma desnecessária perdi meu tempo o link da dica de claudemir é a dica primordial para ver se bate. Agora se por acaso estiver errado mesmo no link a coisa mais certa é ir na receita, verificar se nome da sua mãe na identidade bate com os dados da receita. Você só vai utilizar seu CPF e não vai utilizar o CPF de sua mãe pra nada nem ela deve ir lá, não precisa, somente você resolve. A atendente pediu para eu ir lá fazer o “protocolo de operação cadastro de pessoa física” dai eu pegaria o nome da minha mãe e numero do protocolo e passaria para a atendente. Eu não fiz isso, o cara da receita federal nem sabia que existia esse protocolo foi pratico e rápido, mostrou o nome na tela do computador e pronto, bateu, bateu , não bateu, não bateu. Se não bateu vai nos correios e muda o nome se adequando ao da tua identidade, pagas 5 reais e 70 centavos, volta na receita mostra o documento gerado pelos correios e ele modificam na hora e pronto. Tudo igual, vai na CNPq segue a mesma trajetória dos casos anteriores e pronto, ou seja, nome da mãe digita, sobrenome digita(sobrenome completo) exemplo: Julia Tavares Benevides tanto na identidade quanto no sistema esta assim, então ok!
    Nome Julia
    Sobrenome: Tavares da Silva
    Vai direto para o ultimo próximo, li de acordo, deu certo. se estavas bloqueado e fez isso e deu bloqueado de novo
    Liga para o 0800 619697 espera uns 10 minutos fala a tua situação diz que esta com o nome certo da mãe dai ele vai verificar no sistema, mas tu tb já verificou, ele vai te desbloquear e vai mandar vc ir direto para o ultimo próximo, li de acordo e pronto, não altere nada depois de ele desbloquear entre na parte de novo currículo faça a mesma coisa dai vai abrir teu cadastro não altere nada pois ele já confirmou que esta tudo certo, vá direto para o ultimo próximo e li de acordo e pronto. Fechou.

    Deus é maior que a CNPq um problema desses não vai atrapalhar nossas vitórias. Abraço a todos espero ter ajudado.

  11. Quero agradecer e reafirmar que a dica que postaram aqui sobre utilizar a inscrição do ENEM deu super certo! Lá descobri como esta o nome da minha mãe no meu cpf para a receita (que esta errado obviamente) e ai copiei e colei la no Lattes e finalmente deu certo, depois de muito tempo tentado :D

  12. estou passando pela mesma situação, passo a passo o que foi relatado na história acima, fui hoje a receita e me falaram que amanhã estaria tudo certo e que eu poderia fazer meu curriculum lattes, vamos ver

  13. Estava passando pela mesma dificuldade. Gente,,, é uma batalha realizar cadastro no Lattes!!!.Mas acredito tb que o site apresente muitos problemas, porque na 1ª tentativa, acusou a mesma incompatibilidade com a receita (nome da mãe), no entanto na 2ª tentativa consegui cadastrar com os mesmos dados.

  14. Este site mostra o nome da mãe tal qual está na receita. uns estão abreviados.por isso nao passam na Plataforma Lattes, caso seja escrito por extenso

    http://sistec.mec.gov.br/login/login

    Clique em ACESSO, coloque seu CPF e um código

  15. Como ficaria o nome e sobrenome da minha mãe nessa situação: Maria Eduarda Costa da Silva.

    Agradeço desde já.

  16. Obrigado pela informação do sitio do MEC como atalho para o nome da mãe! agradeço a todos!

  17. Estou passando pela mesma situação… é simplesmente ridículo isso… há 2 anos eu havia tentado fazer o lattes… fiz as 3 tentativas e eles bloquearam… fui na receita atualizar o cpf e acabei não fazendo o lattes na época… agora estou precisando muito fazer e está acontecendo a mesma coisa… mesmo já tendo ido lá… enfim… brasil, país que cria a burocracia pra vender a facilidade… lamentável

  18. Estou na mesma. Diz que é no nome da minha mãe. O que sempre usei para tudo. O pior é que não tenho como saber pela internet como o nome de minha mãe está cadastrado na receita. Como eu faço? tenho de ir até lá? socorro!

  19. BOA TARDE, GENTE ESTOU DESESPERADO NÃO SEI OQUE EU FAÇO MEU CURRÍCULO FOI BLOQUEADO, E AGORA OQUE EU FAÇO, ? ALGUÉM SABER OQUE EU POSSO FAZER ?

  20. Fui escalado para esta mesma novela……………….o nome da minha mãe! Ainda tem gente que se espanta: COMO QUE VOCÊ NÃO SABE O NOME DA PRÓPRIA MÃE???!!! Saber EU SEI! O problema é a RECEITA QUE NÃO SABE!!!

  21. ESTOU EXATAMENTE COM O MESMO PROBLEMA QUE NÃO CONSIGO RESOLVER!

  22. Gente. ATENÇÃO aos detalhes. Por muitas tentativas, tive o mesmo problema que vocês.
    Graças ao comentário de alguém aqui, encontrei o erro.
    Se você já viu que o nome da sua mãe está cadastrado corretamente, preste atenção ao segundo nome dela.
    Por exemplo:
    O nome da minha é “Flora Susana Brocker”. Nas tentativas, colocava “Flora” como primeiro e “Brocker” como último, óbvio. Mas o “Susana” entra junto com o último. Fica assim: Primeiro nome: Flora; segundo nome: Susana Brocker.
    Sinceramente, acho que não está claro no cadastro, pois pede o último nome. Esse deve ser o motivo do erro de muitos.
    Espero ajudar.
    Abraços.

  23. Estou com a mesma dificuldade, e o pior nem mesmo no site do mec consigo realizar cadastro no chrome aparece sempre a mensagem sessão expirada

  24. OBRIGADA MEU DEUS POR EU TER ENCONTRADO ESTE BLOG!!
    CARLA… SEU COMENTÁRIO FOI CRUCIAL NESSA MINHA LUTA DE 5 ANOS. MUITIIISSSSSSIMO OBRIGADA!
    Passei por esse problema gente, e venho desde 2010 tentando concertar o erro dos outros. No meu RG colocaram o nome da minha mãe errado (poxa mainha tem sorte em errarem tanto o nome dela), trocaram um “Z” por um “S”… Daí foi bronca para tudo quanto é lado. 3 tentativas de correção do mesmo erro até finalmente corrigir. Problema resolvido? NÃO!!! FIZ 5 (CINNNNNNCO) EMAILs GENTE, todos bloqueados pelo cnpq para hj descobrir esse site http://sistec.mec.gov.br/login/login e ter a bela surpresa, o erro no nome da minha mãe NÃO ERA O QUE CONSTAVA NO RG ¬¬ A RECEITA SIMPLESMENTE SUMIU COM O SOBRENOME DA MINHA MÃE, E COLOCARAM TODO O SOBRENOME DO MEU PAI NELA…. Pode um negócio desses??? Bom, como é caso de urgência e era a última tentativa para o quinto email criado, coloquei o nome errado mesmo e FINALMENTE O CURRÍCULO FOI ACEITO. A nova ladainha será concertar esse erro, mas ao menos hj eu possuo um currículo lattes. 5 ANOS DE MUITO SOFRIMENTO, MAS EU CONSEGUI!!!
    OBRIGADA PESSOAL, DE CORAÇÃO…

    NOME DA MÃE INCORRETO??? OLHA AQUI COMO SE ENCONTRA REGISTRADO NA RECEITA -> http://sistec.mec.gov.br/login/login <- A SOLUÇÃO DOS NOSSOS PROBLEMAS!!

    Boa sorte gente :*

  25. Boa tarde! Acho que está acontecendo comigo, porque não consigo entrar, mas falam que meu e-mail está cadastrado! É uma falta de respeito!

  26. Geeeente, muitíssimo obrigado pelo site que mostra como o nome da mãe esta cadastrado na Receita Federal!!! Eu J-A-M-A-I-S iria adivinhar, mesmo que eu fizesse 1000 emails diferentes para tentar cadastrar essa merda de currículo lattes. Estava a ponto de desistir da vida.
    E sim, estava errado o nome da minha mãe, e bem grotesamente ¬¬

  27. Entre no sistema de segurança digital, assim que “descobri” o nome da minha mãe.

  28. PESSOAL FAZ DIAS QUE TENTO O 0800 E SO DA OCUPADO
    E NORMAL! DEVO CONTINUAR TENTANDO
    QUEN TIVER A RESPOSTA AGRADECO

  29. Pessoal alguém de vcs sabem como desbloquear o curriculo lattes?

  30. obrigada! Se não fosse por esse link nos comentários eu nunca iria saber o nome de minha mãe. Já iria perder o prazo de matrícula para um mestrado! Meu sincero agradecimento pela existência deste blog!

  31. Emily, vc precisa encaminhar um e-mail pedindo para que eles façam o desbloqueio! Comigo funcionou. Estava dando erro no nome da minha mãe. Mas como essa plataforma de “última geração”juntamente com a queridíssima RFB sabem mais do que nós, o nome da nossa própria mãe ( pois colocam de qualquer jeito) ….tive o bloqueio realizado duas vezes. Mas depois que mandei o e-mail, eles liberaram! Boa sorte nessa etapa. Eu nunca vi nada tão complicado!

  32. Estou tentando me cadastrar no lattes desde o ano passado, o primeiro empecilho foi o nome da mãe, mas eu consegui ajeita-lo e então não consigo me cadastrar porque diz que eu fiz mais de três tentativas de cadastro mal sucedidas. Isso desde a primeira vez que tentei me cadastrar; gostaria de saber se essas tentativas expiram em algum momento? Ou então o que devo fazer..

  33. QUEM NÃO ESTÁ CONSEGUINDO, LEIA!
    Enfim, CONSEGUI!!!
    Agradeço a todos do blog por ter contribuído para que desse certo!!!
    Qual era o meu problema?
    O NOME da minha Mãe, claro! Em fez de Oliveira eles colocaram OliveRira no sobrenome! Isso é revoltante, a gente pagar por um erro que não é nosso! Descobri que o nome estava errado pelo site citado por algumas pessoas (Anjos) acima (http://sistec.mec.gov.br/login/cadastrar).
    Bom, após saber que o nome da minha Mãe estava ERRADO, o meu objetivo foi tentar com o nome mesmo estando errado, já que estou precisando muito do currículo. Coloquei o nome errado e prossegui. Não deu certo pois minhas 3 tentativas já tinham se esgotado!!! A única solução que encontrei foi fazer um novo e-mail e me cadastrar novamente, entretanto, colocando o nome da minha Mãe (ERRADO) como está no site ! Resumindo, tive que criar um novo e-mail para cadastro (Pois o meu tinha expirado as 3 tentativas) e cadastrar com o nome da minha mão como no site.
    Espero que consigam!
    Agradeço a todos!
    Abraços!

  34. O meu foi bloqueado tbm. Tentei fazer outro cadastro, com outro e-mail e ele impede por causa do cpf que já está cadastrado. Como vcs conseguir fazer um novo cadastro? Tenho 4 dias, preciso desse bendito lattes.

    Outra dúvida, para quem teve o lattes desbloqueado, demorou mto? Como foi o processo?
    Agradeço a qm puder me ajudar.

  35. Tive o mesmo problema como a maioria aqui… nome da mãe errado na RFB. Bem, fiz todo o procedimento de correção junto a RFB, porém como eu já havia feito 3 tentativas de envio do curriculum lattes a plataforma me bloqueou. Tentei resolver por telefone, e-mail… desisti! É um LIXO o atendimento da equipe da plataforma lattes. Após ler as mensagens da galera aqui resolvi tentar a sugestão do RENAN JORGE, ou seja, criei um novo perfil com um novo e-mail e deu certo! Consegui cadastrar essa porcaria do curriculum lattes, que pra miM só serviu pra atualizar meu CTF do IBAMA. Agora, cá entre nós, pra que vincularam essa porcaria com a RFB???

  36. Olá, gostaria de agradecer pela dica em relação ao Sistema de Segurança Nacional, o nome da mãe estava errado la, faltando uma letra, copiei, colei e foi de primeira. OBS: tive de usar um novo e-mail, pois o outro não desbloqueavam por nada…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


4 × = trinta dois

Arquivos